PARANAENSE – Furacão ganha do Cascavel e se garante nas semifinais
10/02/2018 - 21h12 em Futebol - Paranaense da Primeira Divisão

A tarde deste sábado (10) foi de Furacão em campo no Oeste do Estado. Pela quinta rodada da 1ª Taça do Campeonato Paranaense, o Atlético foi a Cascavel para enfrentar os donos da casa. O duelo colocou frente a frente o líder do Grupo B, com o vice-líder do Grupo A. E a partida terminou 1 a 0 para o Rubro-Negro.

 

O gol da vitória atleticana foi marcado por Ederson, ainda no primeiro tempo. O resultado levou o Furacão aos 13 pontos, garantindo vaga antecipada na semifinal e ratificando a liderança da chave. Na última rodada da Taça, o adversário do Rubro-Negro será o Foz do Iguaçu, em Curitiba.

 


O jogo


A primeira chegada ao ataque no Estádio Olímpico foi rubro-negra. Aos nove minutos, João Pedro recebeu na entrada da área e arriscou o chute. A bola foi à esquerda do gol.

 

O time da casa respondeu aos 13 minutos. Lucas Tocantins avançou pela direita e bateu cruzado. Emerson mandou para escanteio. Na cobrança, após desvio de cabeça, Santos conseguiu espalmar.

 

O Furacão voltou a tentar em chute de longe, desta vez com Guilherme. O volante mandou uma pancada e assustou o goleio Vinícius.

 

E o Rubro-Negro abriu o placar aos 18 minutos. Demethryus fez linda jogada pelo meio, tabelou com Renan Lodi e lançou para Ederson. O artilheiro atleticano invadiu a área e teve tranquilidade para tocar na saída do goleiro, fazendo o segundo dele no Paranaense. 1 a 0.

 

Atrás no placar, o Cascavel tentou pressionar. Aos 29 minutos, Afonso recebeu a bola na entrada da área, mas na hora de finalizar, Santos cresceu para cima do atacante e fez a defesa. O goleiro apareceu também aos 43’, espalmando para escanteio falta batida da esquerda.

 

O panorama no segundo tempo não mudou muito, com o time da casa buscando mais o ataque. Em uma dessas chances, aos 18 minutos, Santos defendeu chute rasteiro de Dinélson.

 

O Furacão respondeu com Ederson, cinco minutos depois. O atacante aproveitou cruzamento de Renan Lodi, da esquerda, e tentou de cabeça. Mas a finalização foi por cima do gol.

 

O Cascavel ainda acertou o travessão, aos 39 minutos, em cobrança de falta de Elivelton. Mas o Rubro-Negro segurou a pressão adversária e saiu de campo com a vitória. (Foto: Miguel Locatelli/Atlético)

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!